Secretário-geral da ONU envia condolências à Rússia por acidente de avião em Moscou

© AP Photo / Agência de Notícias de MoscouAeronave Sukhoi SSJ100, da companhia aérea Aeroflot, coberta de espuma após pouso de emergência no aeroporto de Sheremetyevo, em Moscou, Rússia, 5 de maio de 2019
Aeronave Sukhoi SSJ100, da companhia aérea Aeroflot, coberta de espuma após pouso de emergência no aeroporto de Sheremetyevo, em Moscou, Rússia, 5 de maio de 2019 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O secretário-geral da ONU, Antonio Guterres, transmitiu ao presidente russo, Vladimir Putin, as suas condolências pelo acidente do avião Sukhoi Superjet 100 no aeroporto de Sheremetyevo, em Moscou.

"O secretário-geral escreveu uma carta ao presidente da Federação Russa, Putin, na qual expressou suas profundas condolências e condolências pelas mortes causadas pelo acidente do avião no aeroporto de Moscou no último final de semana", informou o porta-voz do secretário-geral da ONU. 

Um avião de passageiros em chamas após um pouso de emergência no aeroporto de Sheremetyevo, nos arredores de Moscou - Sputnik Brasil
37 dos 78 passageiros sobreviveram ao incêndio em avião que decolou de Moscou
Além disso, Guterres transmitiu suas condolências aos parentes dos falecidos e a todos os russos, assim como desejou uma recuperação rápida para os feridos.

Em 5 de maio, um avião Sukhoi Superjet 100, da companhia aérea russa Aeroflot, com 78 pessoas a bordo, fez um pouso de emergência em no aeroporto de Sheremetyevo, 28 minutos depois de decolar.

Devido a condições climáticas adversas, a aeronave tocou o solo na segunda tentativa, e em seguida os suportes do trem de pouso foram dobrados e os propulsores pegaram fogo. A tragédia deixou 41 mortos, enquanto 37 pesosas sobreviveram.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала