Rússia se torna maior comprador de ouro no 1º trimestre de 2019

© Sputnik / Valery Titievsky / Abrir o banco de imagensBarras de ouro (imagem de arquivo)
Barras de ouro (imagem de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
No primeiro trimestre de 2019 o Banco Central da Rússia comprou mais ouro do que qualquer outro país, em sua tentativa de reduzir a dependência do dólar estadunidense, informou o Conselho Mundial do Ouro (WGC, na sigla em inglês).

"A Rússia foi novamente o maior comprador, adquirindo 55,3 toneladas no primeiro trimestre. O volume total de reservas de ouro no país é de 2.168 toneladas (19% das reservas totais)", revelou o relatório da organização.

Pelo quarto ano consecutivo, a Rússia aumentou suas reservas com mais 200 toneladas "no âmbito de sua campanha de desdolarização", se sublinha no documento.

A China também está entre os maiores compradores do metal precioso, tendo adquirido 33 toneladas de ouro no primeiro trimestre.

Barras de ouro (imagem de arquivo) - Sputnik Brasil
Por que cada vez mais países retiram reservas de ouro dos EUA?

Os países aumentaram suas reservas deste metal em 145,5 toneladas no primeiro trimestre, 68% a mais que no mesmo período de 2018.

Segundo especialistas, as perspectivas de desaceleração da economia global (o FMI revisou para baixo a previsão da taxa de crescimento global para 2019 e 2020) contribuem para o aumento da demanda por ouro, que serve como um ativo seguro.

É de esperar que o preço do ouro continue crescendo, porque a emissão descontrolada de dinheiro ameaça cada vez mais a estabilidade da economia global, impulsionando assim os preços dos ativos reais.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала