Furtivo, preciso e letal: assim é novo submarino indiano lançado à água na próxima semana

Nos siga noTelegram
A Índia procura fortalecer a capacidade submarina de sua Marinha, e é por isso que um quarto submarino da classe Scorpene será lançado à água na próxima semana.

O submarino, chamado de INS Vela, que está sendo construído pela Mazagon Dock Limited (MDL) de Mumbai, completou os trabalhos e será lançado à água no próximo dia 6 no mar da Arábia.

"No dia 6 de maio, o submarino tocará as águas pela primeira vez. Então, serão iniciados os testes no mar", afirmou um oficial da Marinha indiana.

O primeiro Scorpene, o INS Kalveri, foi integrado em 2017, enquanto que os outros dois submarinos estão em estágio avançado de preparação para se juntarem à frota da Marinha indiana, conforme o portal The Week, e há mais dois em construção.

O contrato para a fabricação de seis submarinos na Índia foi assinado em 2006 entre a empresa francesa Naval Group, antigamente conhecida como DCNS, e a Mazgaon Dock Limited para realização do Projeto-75 da Marinha indiana no valor de US$ 3 bilhões (R$ 11,8 bilhões).

Protótipo do míssil BrahMos-NG no caça Sukhoi SU-30 MKI no decorrer da exposição Aero India 2019 em Bangalore - Sputnik Brasil
Índia testará lançamento aéreo do míssil BrahMos, segundo relatos
A Marinha indiana teve uma redução em sua frota de submarinos na década de 80, quando possuía 21 submarinos e passou a contar com apenas 15 submarinos convencionais e um submarino nuclear de fabricação própria, da classe Arihant, além de um submarino russo da classe Akula, operando em leasing.

Entretanto, a situação é ainda mais grave, já que a Marinha indiana atualmente conta com apenas metade de sua frota de submarinos, pois a maioria dos navios está chegando ao fim da vida operacional, situação que preocupa profundamente o país, que tem a China como sua vizinha.

Para cumprir o plano de construção de submarinos, aprovado em 1999, o país precisa de no mínimo 24 submarinos.

Os submarinos da classe Scorpene contam com tecnologia de última geração, o que garantiu capacidades superiores de furtividade, técnicas avançadas de silenciamento acústico, baixo nível de ruído, forma hidrodinâmica otimizada e capacidade de lançar um ataque incapacitante contra o inimigo utilizando armas guiadas de precisão.

Além disso, eles são capazes de executar diversos tipos de missões, como vigilância, guerra antissubmarino, instalação de minas, reconhecimento, etc.

O submarino, de 66 metros de comprimento, é fabricado de um aço especial altamente resistente, permitindo que ele mergulhe a grande profundidade. Com isso, ele será capaz de operar a uma profundidade de 300 metros e percorrer 1.020 quilômetros debaixo d'água, podendo transportar 18 torpedos e mísseis antinavio, que podem ser lançados debaixo d'água ou desde a superfície.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала