Congressista americana culpa sanções dos EUA por 'devastação' na Venezuela

© AFP 2022 / WIN MCNAMEE / GETTY IMAGES NORTH AMERICA A deputada americana Ilhan Omar (D-MN) discursa durante um evento do lado de fora do Capitólio dos EUA em 30 de abril de 2019, em Washington, DC
A deputada americana Ilhan Omar (D-MN) discursa durante um evento do lado de fora do Capitólio dos EUA em 30 de abril de 2019, em Washington, DC - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A deputada norte-americana Ilhan Omar, do Partido Democrata, responsabilizou em parte as sanções impostas pelos Estados Unidos à Venezuela pela situação de caos instalada no país sul-americano.

Em entrevista ao Democracy Now!, Omar, que representa os eleitores do estado do Minnesota, afirmou que tais medidas, além de prejudicar os venezuelanos, também não atendem aos interesses dos EUA. 

"Ilhan Omar fala contra as sanções dos EUA e apoio bipartidário para a mudança de regime na Venezuela."

​"Muitas das políticas que implementamos meio que ajudaram a levar a Venezuela à devastação", disse ela.

De acordo com a congressista, os norte-americanos prepararam o cenário ao qual "estamos chegando hoje", que, para ela, não traz benefícios a ninguém.

"Esse bullying em particular e o uso de sanções para eventualmente intervir e fazer mudanças de regime realmente não ajudam as pessoas de países como a Venezuela, e certamente não ajudam e não são do interesse dos Estados Unidos."

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала