Venezuela transfere US$ 337 milhões para bancos da Rússia

© Sputnik / Natalia SelivestrovaBanco Central da Rússia
Banco Central da Rússia - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Empresas e cidadãos venezuelanos transferiram US$ 337 milhões (R$ 1,33 bilhões) para instituições de crédito russas, de acordo com dados do Banco Central da Rússia.

No período entre outubro e dezembro de 2018, os depósitos de clientes venezuelanos em bancos russos aumentaram 20%, passando de US$ 826 milhões (R$ 3,25 bilhões) para US$ 1,16 bilhões (R$ 6,41 bilhões), informa o Banco Central da Rússia.

Segundo acreditam os especialistas entrevistados pela agência russa RBC, tal fluxo financeiro para os bancos russos pode estar relacionado à necessidade de transferir dinheiro dos bancos norte-americanos devido à ameaça de sanções.

"Muito provavelmente, temendo a introdução de sanções internacionais e bloqueios de contas bancárias e ativos, as maiores empresas venezuelanas procuraram transferir a maior parte do dinheiro livre para bancos de países amigos, principalmente na Rússia", sugere o diretor da agência russa Avaliação de Crédito Nacional, Mikhail Doronkin.

Militares das Forças Armadas da Venezuela - Sputnik Brasil
O que fez Venezuela reduzir despesas militares em 71%?
O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, aumentou as sanções contra a Venezuela após as eleições. O principal objetivo das novas restrições é dificultar que Caracas venda ativos do Estado. Ademais, os americanos estão proibidos de comprar obrigações do Tesouro da Venezuela.

Em abril, Washington impôs sanções a duas empresas que fornecem petróleo venezuelano a Cuba e aumentaram as restrições contra o Banco Central da Venezuela.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала