China pede que Reino Unido resista à pressão e use equipamentos Huawei em redes 5G

© AP Photo / Mark SchiefelbeinEquipe de segurança próximo a logo da Huawei durante lançamento do MateBook em Pequim.
Equipe de segurança próximo a logo da Huawei durante lançamento do MateBook em Pequim. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A gigante da tecnologia Huawei deve ser permitida a ajudar na melhora nas comunicações do Reino Unido, disse o embaixador chinês no país neste domingo (28).

Em artigo publicado no Sunday Telegraph, o embaixador Liu Xiaoming argumenta que as autoridades britânicas devem atuar de forma independente e "de acordo com seus interesses nacionais".

"Quando se trata da criação da nova rede 5G, o Reino Unido está em condições de fazer o mesmo novamente, resistindo à pressão, trabalhando para evitar interrupções e tomando a decisão certa independentemente e de acordo com seus interesses nacionais e de acordo com sua necessidade de desenvolvimento a longo prazo", escreveu Liu.

European Commission President Jean-Claude Juncker speaks during a media conference at EU headquarters in Brussels. File photo - Sputnik Brasil
Desafiando os EUA, liderança europeia se recusa a barrar Huawei 'apenas por ser chinesa'
Os Estados Unidos pressionam os aliados para que excluam a Huawei das redes 5G. Washington sustenta que a empresa irá repassar para a inteligência chinesa dados confidenciais. 

Representantes da Huawei negam qualquer risco de segurança, dizendo que a fabricante de equipamentos de tecnologia não tem vínculo com o governo chinês e opera como qualquer outra empresa internacional.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала