O que viu o avião de reconhecimento russo ao sobrevoar EUA? (FOTOS)

© Sputnik / Maksim Blinov / Abrir o banco de imagensAvião de reconhecimento Tu-214ON (foto de arquivo)
Avião de reconhecimento Tu-214ON (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
No âmbito do Tratado de Céus Abertos, um avião de observação russo Tu-214ON sobrevoou, pela primeira vez na história, várias instalações militares dos EUA, informa um portal americano.

Um avião militar russo fez um voo de observação sobre instalações estratégicas de armazenamento de armas nucleares e químicas no sudoeste dos Estados Unidos, informou o portal The Drive citando o FlightRadar24, um aplicativo de monitoramento de tráfego aéreo em tempo real.

O voo do Tu-214ON, que passou pelo oeste do Texas, Novo México e Colorado, sobrevoou o Fort Bliss, o Campo de Teste de Mísseis de White Sands, o Pueblo Chemical Depot, a Base Aérea de Kirtland e os Laboratórios Nacionais de Los Alamos, lugar de nascimento do programa nuclear norte-americano.

Avião de observação aérea Tu-214ON do Tratado Céus Abertos - Sputnik Brasil
Rússia anuncia voo de observação sobre o território dos EUA
O avião decolou da base da Guarda Nacional Aérea de Rosecrans, em Saint Joseph, Missouri, na tarde de quinta-feira (25) e voou por cerca de seis horas. A aeronave efetuou a missão de observação após voos semelhantes do Tu-154M KL-1 russo que em março sobrevoou as instalações militares dos EUA na Califórnia e Nevada, e do Boeing Oc-135B da Força Aérea dos EUA que sobrevoou instalações militares russas na Sibéria e no Extremo Oriente russo em fevereiro.

Como parte do Tratado de Céus Abertos, os governos efetuam voos de observação planejados sobre instalações militares em países estrangeiros. Esta semana, um Tu-214ON da Força Aeroespacial da Rússia sobrevoa, pela primeira vez, o território dos EUA

Boeing RC-135V norte-americano - Sputnik Brasil
Aeronave da Força Aérea americana faz missão de reconhecimento perto da Crimeia (FOTO)
Os voos no âmbito do Tratado de Céus Abertos foram reiniciados este ano após um congelamento que começou em novembro de 2017, o que um porta-voz do Pentágono atribuiu às tensões entre Moscou e Washington.

O Tratado de Céus Abertos foi assinado em 1992 pelos países da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE). Conforme o tratado, os signatários podem realizar voos de reconhecimento sobre os territórios de outros países integrantes e recolher informações sobre as suas tropas.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала