Daesh assume responsabilidade pelos atentados no Sri Lanka, segundo mídia

© REUTERS / Dinuka LiyanawatteCaixões das vítimas são carregados durante um funeral massivo das vítimas dos ataques no Sri Lanka
Caixões das vítimas são carregados durante um funeral massivo das vítimas dos ataques no Sri Lanka - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
No domingo (21), o Sri Lanka foi alvo de uma série de ataques terroristas, que atingiram igrejas e hotéis ao longo do país, causando a morte de ao menos 321 e deixando outras 500 pessoas feridas.

O ministro da Defesa do país anunciou recentemente que a série de explosões foi uma resposta ao ataque a mesquitas na Nova Zelândia contra mulçumanos.

O Daesh (grupo terrorista proibido na Rússia e em outros países) assumiu a responsabilidade pelos atentados no Sri Lanka, segundo a Reuters.

Hoje é um dia de luto no país pelas vítimas dos atentados no último domingo (21), realizados em diversos pontos, que compreendem igrejas durante a celebração da Páscoa, e hotéis.

Violência étnica e religiosa tem afetado o Sri Lanka por décadas, com 37 anos de conflito com os rebeldes tâmeis, seguido por um aumento dos confrontos nos últimos anos entre os budistas e os mulçumanos. Foto dos parentes das vítimas tirada durante um funeral massivo nesta manhã.

Militares do Sri Lanka ficam de guarda em frente ao Santuário de Santo Antônio, igreja de Kochchikade, após uma explosão em Colombo, Sri Lanka, 21 de abril de 2019 - Sputnik Brasil
Defesa do Sri Lanka: atentados teriam sido retaliação ao ataque a mesquitas neozelandesas
Entretanto, a agência de notícias ressaltou que os terroristas falharam em fornecer qualquer evidência que comprove a declaração.

Enquanto isso, a polícia do Si Lanka anunciou que o número de vítimas mortais dos ataques subiu para 321, e que aproximadamente outras 500 estão feridas.

Anteriormente, o governo do país culpou o grupo de extremistas islâmicos, National Thowheed Jamath (NTJ), pelas explosões no país, com o ministro da Defesa, Ruwan Wijewardene, especificando que os atentados do Sri Lanka foram uma resposta aos ataques a mesquitas na Nova Zelândia contra mulçumanos.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала