Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Venezuela é capaz de enfrentar agressão externa, diz vice-ministro da Defesa da Rússia

© AP Photo / Marcelo GarciaPresidente da Venezuela, Nicolás Maduro, faz sinal com as mãos depois de chegar à base militar de Forte Tiuna, em Caracas, Venezuela, 30 de janeiro de 2019
Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, faz sinal com as mãos depois de chegar à base militar de Forte Tiuna, em Caracas, Venezuela, 30 de janeiro de 2019 - Sputnik Brasil
Nos siga no
O vice-ministro da Defesa russo, Aleksandr Fomin, declarou nesta segunda-feira (22) que a Venezuela é capaz de enfrentar agressões militares externas.

"Acreditamos que o governo legítimo da Venezuela, liderado pelo [Presidente Nicolás] Maduro, tem a situação sob controle, as Forças Armadas Nacionais Bolivarianas são capazes de enfrentar a agressão externa", disse Fomín ao canal RT, na véspera da Conferência de Segurança Internacional de Moscou, que começa em 23 de abril.

Manifestação em apoio do autoproclamado presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó, em Caracas - Sputnik Brasil
Historiador revela mecanismo comum da pressão norte-americana contra Venezuela e Cuba
O vice-ministro da Defesa destacou que a Rússia oferece "apoio à Venezuela, especialmente no âmbito da cooperação técnico-militar".

"Temos vários acordos que respeitamos e ajudamos na manutenção da prontidão operacional, armas e equipamentos de guerra", disse o vice-ministro ao comentar a situação no país sul-americano.

A Venezuela está sofrendo grave crise política desde janeiro. Junto com outros países ocidentais, os EUA apoiam Juan Guaidó, que se proclamou presidente interino da Venezuela. Ao mesmo tempo, Rússia, China e Turquia, entre outros, apoiam o presidente constitucionalmente eleito, Nicolás Maduro, criticando o amplo apoio ocidental a Guaidó.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала