Membro de milícia da extrema-direita é preso nos EUA

© AP Photo / Daniel Ochoa de OlzaUm migrante em Tijuana, México pula a fronteira para entrar na cidade americana de San Diego, na Califórnia.
Um migrante em Tijuana, México pula a fronteira para entrar na cidade americana de San Diego, na Califórnia. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O Departamento Federal de Investigação, conhecido pela sigla FBI, prendeu neste sábado um homem de 70 anos por suposta ligação a uma milícia armada da extrema-direita que acusada de deter ilegalmente imigrantes que tentavam entrar nos Estados Unidos pela fronteira mexicana.

Larry Mitchell Hopkins, de acordo com informações da AFP, foi detido enquanto se encontrava na posse ilegal de uma arma. Ele seria membro do Patriotas Constitucionais Unidos, grupo que diz vigiar a fronteira dos EUA, mantendo guarda de imigrantes ilegais dispostos a se entregar à patrulha de fronteira e perseguindo os que tentam fugir.

Agente do serviço de imigração dos EUA em um centro de detenção de Raymondville, Texas (arquivo) - Sputnik Brasil
EUA detêm mais de 100 mil imigrantes na fronteira com México em um mês
Segundo o procurador-geral do Novo México, Hector Balderas, citado pela agência de notícias, Hopkins pode ser descrito como um "criminoso perigoso que não deveria portar armas perto de crianças e familiares".

"A prisão de hoje do FBI indica claramente que a garantia da lei deve estar nas mãos de agentes treinados, e não na de vigiantes armados", disse ele, conforme relatou a AFP.

Nos últimos meses, milhares de imigrantes, provenientes principalmente da América Central, chegaram ao México na esperança de conseguir entrar nos Estados Unidos, com o objetivo de fugir da pobreza e da violência em seus países de origem.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала