- Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Catador morre após ser atingido por tiros em ação do Exército no Rio

© REUTERS / Nacho DocePessoas acendem velas em protesto contra ação militar
Pessoas acendem velas em protesto contra ação militar - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O catador Luciano Macedo estava internado desde o dia 7 de abril, quando foi atingido por disparos durante ação do Exército, no Rio.

O catador de papel Luciano Macedo, que foi fuzilado em ação do Exército, veio a óbito na manhã desta quinta-feira (18).

Uma criança se esconde - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Menina de 11 anos morre baleada com tiro no peito no Rio de Janeiro, moradores acusam a PM
Ele estava internado em estado grave no Hospital Carlos Chagas e foi submetido a uma cirurgia no tórax na tarde da quarta-feira (17), devido a complicações no pulmão.

O carro do músico Evaldo Santos Rosa foi fuzilado pelo Exército, que disparou 82 tiros, ocasionando morte do motorista e deixando ferido Luciano Macedo, que tentou ajudar a família do músico que estava no veículo, conforme o portal G1

Os familiares do catador baleado em Guadalupe, Zona Norte do Rio de Janeiro, confirmaram a informação de que receberam a notícia da morte às 6h.

Em nota oficial, a direção do Hospital Carlos Chagas informa que o paciente Luciano Macedo foi a óbito às 4h20. 

Dez dos 12 militares que participaram da operação foram presos após prestarem depoimento sobre a ação. Nove deles seguiram presos após audiência. 

A Justiça Militar ficará a cargo da investigação. 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала