Kim Jong-un pode visitar a Rússia na semana que vem, diz mídia

© Sputnik / Ilia Pitalev / Abrir o banco de imagensO líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, durante um evento em Pyongyang
O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, durante um evento em Pyongyang - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
No final de março, a mídia sul-coreana informou que Kim Chang-son, chefe de gabinete do líder norte-coreano Kim Jong-un, visitou Moscou para discutir uma possível visita do líder da Coreia do Norte à Rússia.

Segundo a agência de notícias Yonhap um encontro entre o presidente russo, Vladimir Putin, e o líder norte-coreano, Kim Jong-un, poderá ocorrer no extremo Oriente da Rússia, no dia 24 de abril. No entanto, o canal de mídia sul-coreano não forneceu detalhes sobre o horário e o local de forma precisa.

O assessor presidencial russo Yury Ushakov, falou no início do mês que um encontro entre os líderes russo e norte-coreano estava sendo discutido e que o governo da Rússia havia feito propostas sobre datas à Coreia do Norte.

Lançamento de míssil de longo alcance no polígono de Sohae (Coreia do Norte) - Sputnik Brasil
Kim Jong-un promete desenvolver poder militar e energia nuclear da Coreia do Norte
Putin parabenizou Kim na sexta-feira (12) por sua reeleição como chefe da Comissão de Assuntos de Estado da Coreia do Norte e confirmou sua disposição de cooperar em assuntos regionais.

O encarregado da embaixada norte-coreana em Moscou, Jin Jong Hyuk, disse na quinta-feira (11) que Pyongyang espera que haja, em um futuro próximo, uma série de visitas mútuas de delegações russas e norte-coreanas de alto nível no futuro.

O ministro russo do Interior da Rússia, Vladimir Kolokoltsev, disse no início de abril em uma reunião com o ministro da Segurança da Coreia do Norte, Choe Pu-il, que a Rússia pretende promover a cooperação com a Coreia do Norte em várias áreas que não foram afetadas por sanções internacionais.

Líder norte-coreano, Kim Jong-un, durante a sessão de fotos no âmbito da cúpula histórica entre os EUA e a Coreia do Norte em Singapura, em 12 de junho de 2018 - Sputnik Brasil
Parlamento da Coreia do Norte reelege Kim Jong-un como líder do país
A situação na península coreana melhorou no ano passado, com diversas reuniões entre Kim e o presidente sul-coreano Moon Jae-in. Kim também realizou duas reuniões com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. EUA e Coreia do Norte chegaram a um acordo verbal em junho que estipula que Pyongyang fará esforços para promover a desnuclearização completa da península em troca do congelamento dos exercícios militares dos EUA com a Coreia do Sul, além de uma possível remoção de sanções norte-americanas sobre Pyongyang.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала