Netanyahu promete fundos estatais para empresa enviar 2ª sonda israelense à Lua

© REUTERS / Space ILImagem captada pela sonda israelense Beresheet antes de se chocar contra a superfície lunar, 11 de abril de 2019
Imagem captada pela sonda israelense Beresheet antes de se chocar contra a superfície lunar, 11 de abril de 2019 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, prometeu neste domingo que o governo nacional ajudaria a enviar uma segunda sonda lunar à Lua.

"Planejamos lançar o Beresheet 2. O Estado de Israel participou do primeiro lançamento e o fará novamente. Espero que desta vez tenhamos sucesso", disse ele em uma reunião de gabinete.

Primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, na reunião semanal de gabinete em Jerusalém, 16 de setembro de 2018 - Sputnik Brasil
Após falha, Netanyahu promete levar nave de Israel à Lua em até 3 anos
Morris Kahn, o bilionário que fundou a empresa israelense SpaceIL, anunciou no sábado que os preparativos para a missão começarão neste fim de semana. A sonda Beresheet 2 tentará alcançar o que sua predecessora não conseguiu, já que a Beresheet (que em hebraico quer dizer "Gênesis"), lançada no final de fevereiro, caiu na Lua devido a problemas técnicos durante sua descida final à superfície.

Se for bem sucedido, Israel se tornará a quarta nação (atrás apenas da ex-União Soviética, os Estados Unidos e a China) a  colocar uma espaçonave na Lua. Será também a primeira de construção privada a fazê-lo.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала