Wikileaks publica vídeo de gato de Assange vendo a prisão do dono (VÍDEO)

© REUTERS / Courtesy of WikiLeaksJulien Assange mostra seu gato na Embaixada do Equador em Londres
Julien Assange mostra seu gato na Embaixada do Equador em Londres - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O WikiLeaks confirmou que o gato de seu fundador, Julian Assange, está seguro e livre. O anúncio veio através de um vídeo do animal assistindo seu proprietário ser preso pelo Autoridades do Reino Unido.

No início da semana, a embaixada do Equador no Reino Unido disse à Sputnik que o gato de Assange não estava na embaixada equatoriana há muito tempo e havia sido levado por associados de Assange.

"Podemos confirmar que o gato de Assange está seguro. Assange pediu a seus advogados para resgatá-lo das ameaças da embaixada em meados de outubro. Eles se encontrarão em liberdade. #FreeAssange #NoExtradition", escreveu o WikiLeaks através de sua conta oficial no Twitter neste sábado (13).

Julian Assange sendo preso - Sputnik Brasil
Correa diz que Equador entregou Assange por acordo de US$ 4,2 bilhões com FMI
Na quinta-feira (11), Assange foi preso na embaixada equatoriana, em Londres, após o governo do Equador retirar o asilo político concedido a ele. O fundador do WikiLeaks, que ficou famoso por vazar dados confidenciais do governo dos EUA, agora enfrenta a ameaça de extradição para os Estados Unidos sob acusação de conspiração para invasão cibernética. Ele pode ser condenado a até cinco anos de prisão.

A editora-chefe do RT e da Sputnik, Margarita Simonyan, disse, ainda na quinta-feira (11) que a agência de vídeo Ruptly, um projeto da RT, foi o único meio de comunicação que filmou o momento da prisão de Assange, enquanto representantes de outras mídias não estavam presentes.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала