Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Julian Assange perde asilo político e é preso no Reino Unido

© AP Photo / Matt DunhamCartaz em prol de Juan Assange ao lado da embaixada equatoriana, 11 de abril de 2019
Cartaz em prol de Juan Assange ao lado da embaixada equatoriana, 11 de abril de 2019 - Sputnik Brasil
Nos siga no
O Equador resolveu suspender asilo diplomático do ativista Julian Assange, fundador do WikiLeaks, segundo comunicado do presidente equatoriano Lenín Moreno, divulgado hoje (11).

Na terça-feira passada (2), Moreno disse que Assange violou "várias vezes" o acordo de convivência para garantir permanência dele na embaixada equatoriana. 

WikiLeaks founder Julian Assange is seen on the balcony of the Ecuadorian Embassy in London, Britain, May 19, 2017 - Sputnik Brasil
Relatos: Suécia considera reabrir investigação de abuso sexual contra Assange
"Hoje [11], anuncio que a conduta desrespeitosa e agressiva do senhor Julian Assange, as declarações descorteses e ameaçadoras de sua organização aliada contra o Equador, e, sobretudo, a transgressão dos tratados internacionais têm levado a situação a um ponto em que o asilo do senhor Assange é insustentável e inviável", declarou o presidente equatoriano, Lenín Moreno.

"O Equador, soberanamente, dá por finalizado o asilo diplomático outorgado ao senhor Assange em 2012", afirmou.

Recentemente, foi divulgado o VÍDEO da detenção de Assange.

De acordo com publicação do WikiLeaks no Twitter, Assange não saiu da embaixada do Equador, mas o próprio embaixador convidou a polícia britânica para dentro do prédio, prendendo Assange imediatamente. 

O secretário de Interior britânico, Sajid Javid, assegurou que o jornalista de origem australiana irá enfrentar a justiça no Reino Unido. 

O co-fundador do WikiLeaks, Julian Assange, faz um discurso perante jornalistas e manifestantes de uma varanda da Embaixada do Equador em Londres. - Sputnik Brasil
WikiLeaks: Assange pode ser expulso da Embaixada do Equador em breve
De acordo com o ministro das Relações Exteriores do Reino Unido, Jeremy Hunt, agradeceu a Lenín Moreno por suspender o asilo diplomático de Assange. 

"Julian Assange não é um herói, ninguém é acima da lei. Ele está se escondendo da verdade há anos. Obrigado ao Equador e ao presidente Lenín Moreno pela colaboração com o MRE britânico para assegurar que Assange lide com justiça", escreveu Hunt no Twitter.

O ex-presidente equatoriano, Rafael Correa, chamou Lenín Moreno de maior traidor da história de toda a América Latina.

"O maior traidor da história equatoriana e latino-americana, Lenín Moreno, permitiu que a polícia britânica entrasse na nossa embaixada em Londres para prender Assange. Moreno é um corrupto, e o que ele fez é um crime que a humanidade jamais se esquecerá."

O ex-agente da Agência de Segurança Nacional dos EUA, Edward Snowden, comentou a prisão de Assange.

"Dia obscuro para a liberdade de imprensa", disse.

Chelsea Elizabeth Manning, nascida sob o sexo masculino e de nome Bradley Edward Manning, está saíndo do tribunal militar. (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Chelsea Manning é presa por se recusar a ser testemunha em caso Wikileaks
Nesta quarta-feira (10), o WikiLeaks denunciou que Assange estava sendo espionado pelo governo de Moreno dentro da embaixada para extraditá-lo.

O fundador do portal WikiLeaks, Julian Assange, ficou famoso por publicar assuntos polêmicos sobre, por exemplo, operações militares dos EUA no Afeganistão e no Iraque, bem como sobre as condições na prisão de Guantánamo. 

Em 2010, o fundador do portal, que é de interesse das autoridades americanas, viajou para a Suécia em busca de proteção, porém, acabou sendo acusado de estuprar duas mulheres, mas acusação veio a ser arquivada pela Suécia, que revogou mandato de captura. 

Desde 2012, o fundador do WikiLeaks estava vivendo na embaixada do Equador em Londres.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала