EUA vão instalar sistema THAAD na Romênia no verão do hemisfério norte

Nos siga noTelegram
A pedido da OTAN, os EUA vão implantar o sistema de defesa antimíssil THAAD na Romênia no verão do hemisfério norte durante o período de trabalhos técnicos e de modernização do complexo Aegis Ashore aí existente, de acordo com um comunicado do Comando Europeu dos EUA emitido na quinta-feira (12).

"A pedido da OTAN, o Ministério da Defesa vai instalar o sistema THAAD dos EUA na Romênia neste verão para apoiar a defesa antimísseis da OTAN", relata o comunicado emitido pelo Comando Europeu dos EUA.

Segundo o comunicado, o 32º Comando da Defesa Aérea e de Mísseis da 69ª Brigada de Artilharia Antiaérea do Exército dos EUA, estacionado no Texas, será integrado no sistema de defesa antimíssil da OTAN existente "pelo período limitado de trabalhos técnicos planejados e de modernização do sistema de defesa antimíssil Aegis Ashore na Romênia este verão".

Sistema da defesa antimíssil THAAD - Sputnik Brasil
EUA testam funcionamento dos sistemas de mísseis THAAD em Israel
O sistema THAAD (Terminal High Altitude Area Defense) é destinado para interceptação em alta altitude de mísseis de curto e médio alcance, segundo afirmam os EUA. Em março, o exército israelense informou que as tropas dos EUA estão realizando exercícios no território do país com treinando a instalação rápida de sistemas THAAD.

Além disso, planeja-se fortalecer o grupo de sistemas de defesa antimísseis dos EUA na Coreia do Sul. Os EUA e a Coreia do Sul concordaram em implantar o sistema THAAD em julho de 2016, após cinco meses de negociações. Formalmente isso ocorre sob pretexto da ameaça da Coreia do Norte, apesar de Pyongyang ter desistido de realizar testes nucleares. De acordo com o Departamento de Defesa da Coreia do Sul, o alcance operativo do THAAD não excede 200 quilômetros.

Tropas da OTAN participam dos exercícios militares na Polônia - Sputnik Brasil
OTAN planeja construir armazém de veículos militares na Polônia
A Rússia acusa os EUA de terem instalado na Romênia e na Polônia plataformas para lançamento de mísseis de defesa antimíssil capazes de lançar mísseis Tomahawk, proibidos pelo Tratado INF. Os EUA afirmam que estes sistemas são exclusivamente defensivos.

Moscou opõe-se à instalação do sistema de defesa antimíssil americano. O Ministério das Relações Exteriores declara que o THAAD ameaça a Rússia e a China. A mesma posição é tomada por Pequim.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала