Câmara dos EUA aprova resolução exigindo remoção de militares do Iêmen

© Sputnik / Stringer / Abrir o banco de imagensCasa destruída por bombardeio no Iêmen.
Casa destruída por bombardeio no Iêmen. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Por 247 votos a 176, incluindo 16 votos republicanos, invocou a raramente usada Lei dos Poderes de Guerra para restringir o poder executivo do presidente de promover a guerra sem a aprovação do Congresso.

A Câmara dos EUA votou pelo fim do envolvimento de Washington na guerra do Iêmen, estabelecendo o segundo veto da presidência de Donald Trump, informou a Reuters.

"O presidente terá que encarar a realidade de que o Congresso não vai mais ignorar suas obrigações constitucionais quando se trata de política externa, quando se trata de determinar quando e onde nossas forças armadas estão engajadas em hostilidades", disse o deputado Eliot L. Engel, presidente do Comitê de Relações Exteriores da Câmara.

A man examines the damage at the National Museum in the war-torn city of Taiz, Yemen - Sputnik Brasil
Câmara dos EUA aprova resolução encerrando apoio americano à guerra no Iêmen
O presidente dos EUA, Donald Trump, emitiu o primeiro veto de sua administração em 15 de março, bloqueando uma resolução que o impediria de financiar seu muro de fronteira sem a aprovação do Congresso.

A guerra está em seu quinto ano, com milhares de pessoas mortas e outras milhões à beira da inanição. A ONU chamou a situação no Iêmen de pior crise humanitária do mundo.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала