Raro tesouro com nome bíblico é encontrado por arqueólogos em Jerusalém (FOTOS)

© REUTERS / Eliana Aponte/File PhotoNobre Santuário ou Monte do Templo, na Cidade Velha de Jerusalém
Nobre Santuário ou Monte do Templo, na Cidade Velha de Jerusalém - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Arqueólogos encontram antigos tesouros com nomes bíblicos na Cidade de Davi, em Jerusalém.

A descoberta traz um selo de argila de 2.600 anos, que pertencia a um membro da corte do rei Josias, mencionada na Bíblia na Cidade de Davi em Jerusalém. O selo foi encontrado em meio às ruínas de um prédio destruído pelos antigos babilônios.

© Foto / Eliyahu Yanai, City of DavidBulla de Natã-Meleque encontrada em Jerusalém.
Bulla de Natã-Meleque encontrada em Jerusalém - Sputnik Brasil
1/2
Bulla de Natã-Meleque encontrada em Jerusalém.
© Foto / Eliyahu Yanai, City of DavidBulla de Natã-Meleque encontrada em Jerusalém.
Bulla de Natã-Meleque encontrada em Jerusalém - Sputnik Brasil
2/2
Bulla de Natã-Meleque encontrada em Jerusalém.
1/2
Bulla de Natã-Meleque encontrada em Jerusalém.
2/2
Bulla de Natã-Meleque encontrada em Jerusalém.

As escavações ocorreram no estacionamento de Givati, na Cidade de Davi, onde foi encontrada uma pequena impressão de argila, conhecida como bulla, fazendo referência a Natã-Meleque identificado como "Servo do Rei", conforme a Fox News.

Natã-Meleque é mencionado em 2 Reis 23:11: "Acabou com os cavalos, que os reis de Judá tinham consagrado ao Sol, e que ficavam na estrada do templo do Senhor, perto da sala de um oficial chamado Natã-Meleque. Também queimou as carruagens consagradas ao Sol", decifrou o doutor Anat Mendel-Geberovich da Universidade Hebraica de Jerusalém e do Centro de Estudo da Jerusalém Antiga.

Artefatos maias na caverna Balamkú - Sputnik Brasil
Achado 'tesouro científico' que ajudaria a revelar mistérios da civilização maia (FOTOS)
"Embora não seja possível determinar com absoluta certeza que o Natã-Meleque mencionado na Bíblia era de fato o dono do selo, é impossível ignorar alguns dos detalhes que os ligam", afirmou Mendel-Geberovich.

O arqueólogo Yiftah Shalev, da Autoridade de Antiguidades de Israel, explicou que as duas inscrições na bula "pintam um quadro muito maior da época em Jerusalém", enfatizando que o que realmente importa não é que eles foram encontrados em Jerusalém, mas, sim, que foram encontrados em seu verdadeiro contexto arqueológico.

Vale ressaltar que esta descoberta é a primeira evidência arqueológica da figura bíblica de Natã-Meleque.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала