Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Donald Trump exigiu a Kim Jong-un que transferisse armas nucleares para EUA, revela fonte

© AFP 2021 / Saul LoebPresidente dos EUA, Donald Trump, cumprimenta o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, após reunião em Hanói, Vietnã, em 27 de fevereiro de 2019
Presidente dos EUA, Donald Trump, cumprimenta o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, após reunião em Hanói, Vietnã, em 27 de fevereiro de 2019 - Sputnik Brasil
Nos siga no
Durante a última cúpula em Hanói (Vietnã) entre o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e o líder norte-coreano, Kim Jong-un, o mandatário norte-americano entregou uma nota ao seu homólogo em que lhe exigiu que transferisse todas as armas nucleares para os Estados Unidos.

Segundo comunica a agência Reuters, citando sua fonte anônima, Donald Trump teria entregue o documento escrito em inglês e coreano a Kim jong-un em 28 de fevereiro, durante seu encontro no hotel Metropole em Hanói.

O documento exigia o "desmantelamento total da infraestrutura nuclear da Coreia do Norte, do programa de armas químicas e biológicas, mísseis balísticos, lançadores e instalações associadas".

O líder norte-coreano Kim Jong-un durante seu encontro com o presidente dos EUA Donald Trump - Sputnik Brasil
Kim Jong-un deve visitar a Rússia nos próximos meses, revela senador russo
Além disso, as demandas incluíam outros pontos chave que exigiam que Pyongyang fornecesse uma declaração abrangente sobre seu programa nuclear e que as autoridades dos EUA e os inspetores internacionais tivessem acesso total a suas instalações. Ademais, ele exigiu que a Coreia do Norte parasse a construção de novos centros.

Embora os detalhes da nota nunca tenham sido divulgados, o conselheiro de Segurança Nacional, John Bolton, fez referência ao documento após a cúpula. De fato, a ideia de a Coreia do Norte entregar suas armas aos EUA foi mencionada pela primeira vez por Bolton em 2004.

Uma fonte conhecedora da situação afirmou à Reuters que o documento tinha como objetivo explicar às autoridades norte-coreanas o que Washington quis dizer exatamente com "uma desnuclearização definitiva e totalmente verificável".

Trump e Kim se encontraram no final de fevereiro em Hanói, no Vietnã, para uma segunda rodada de negociações sobre a desnuclearização na península coreana. Embora Pyongyang tenha feito progressos consideráveis, as negociações naufragaram. Em uma coletiva após o encontro, Trump revelou que Kim exigiu a remoção de todas as sanções em troca de um desmantelamento apenas parcial.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала