Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

EUA suspendem todos os voos de bombardeiros B-1B Lancer devido a mais uma falha técnica

CC0 / Força Aérea dos EUA / B-1B LancerBombardeiro B-1B da Força Aérea dos EUA
Bombardeiro B-1B da Força Aérea dos EUA - Sputnik Brasil
Nos siga no
Os EUA suspenderam os voos de todos seus 62 bombardeiros estratégicos B-1B Lancer em serviço, pela segunda vez em menos de um ano, devido a preocupações geradas por seu sistema de ejeção dos pilotos.

Segundo um comunicado da Força Aérea dos EUA, uma inspeção de rotina detectou uma falha nos paraquedas de arrasto que devem se abrir durante a ejeção para estabilizar os assentos dos pilotos na queda. De acordo com os militares, a decisão foi tomada porque o problema poderia potencialmente afetar "toda a frota" dos B-1B.

Avião Tu-134 (imagem referencial) - Sputnik Brasil
Divulgado VÍDEO de teste de avião raro da Marinha russa
Os militares sublinharam que este problema não parece estar relacionado ao detectado em maio do ano passado, quando um desses aviões registrou uma emergência em voo e a ejeção não funcionou.

A tripulação conseguiu pousar em segurança, mas a frota de B-1B permaneceu três semanas em terra até o problema ter sido resolvido.

Entretanto, embora a Força Aérea tenha dado luz verde para o reinício dos voos dos B-1B, foi informado que persistiam falhas potencialmente letais nos assentos ejetáveis de vários desses bombardeiros supersônicos.

Os bombardeiros estratégicos B-1B Lancer foram postos em serviço em 1986 e desenhados para atacar alvos inimigos com armas convencionais e nucleares.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала