Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Cristina Kirchner é investigada por uso pessoal de aviões presidenciais

© Sputnik / Evgeny Biyatov / Abrir o banco de imagensA então presidente da Argentina, Cristina Fernández de Kirchner em encontro com Putin (arquivo)
A então presidente da Argentina, Cristina Fernández de Kirchner em encontro com Putin (arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga no
O juiz federal argentino Claudio Bonadio lançou uma nova investigação nesta quinta-feira (28) sobre a ex-presidente Cristina Kirchner.

Bonadio afirma que a líder argentina cometeu desvio de fundos "ao se aproveitar da frota do avião presidencial" enquanto era chefe do Executivo da Argentina, de 2007 a 2015, e enquanto era parlamentar entre 2003 e 2007, período em que seu falecido marido, Néstor Kirchner, comandava o país.

Centro histórico de Buenos Aires (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Argentina fica ainda mais pobre na segunda metade de 2018
Ela foi acusada de usar aviões presidenciais para transportar móveis, uma cama, roupas, jornais e até um cabeleireiro para suas casas no sul da Argentina. Ela tem foro privilegiado desde que foi eleita para o Senado em 2017.

De acordo com Bonadio, o testemunho dos pilotos mostra que Cristina e Néstor Kirchner usavam regularmente a frota presidencial para levar os jornais de Buenos Aires para cidades de Rio Gallegos e El Calafate.

A ex-presidente nega ter cometido atos irregulares.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала