Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Polícia descobre mais uma vítima do massacre na Nova Zelândia

© AP Photo / Mark BakerPolícia armada realiza patrulha em frente a uma mesquita no centro de Christchurch, Nova Zelândia, em 15 de março de 2019
Polícia armada realiza patrulha em frente a uma mesquita no centro de Christchurch, Nova Zelândia, em 15 de março de 2019 - Sputnik Brasil
Nos siga no
A polícia da Nova Zelândia descobriu o corpo de mais uma vítima do massacre que atingiu muçulmanos em duas mesquitas na cidade de Christchurch.

Segundo afirmou no domingo (16) o comissário de polícia da Nova Zelândia, Mike Bush, a uma inspeção na cena do crime revelou que mais uma pessoa foi morta no ataque.

New Zealand Prime Minister Jacinda Ardern gestures as she speaks during a media conference with French President Emmanuel Macron, at the at the Elysee Palace in Paris, Monday, April 16, 2018 - Sputnik Brasil
Premiê da Nova Zelândia promete mudar lei sobre armas após atentados contra mesquitas
Na sexta-feira (15), atiradores atacaram duas mesquitas na cidade de Christchurch, leste da Nova Zelândia, deixando 50 mortos e dezenas de feridos. A primeira-ministra da Nova Zelândia, Jacinda Ardern, declarou que o ataque foi considerado um ato de terrorismo. Ela também chamou a data do ocorrido de o "dia mais sombrio do país".

Mike Bush acrescentou que o há 50 pessoas feridas devido ao ataque, sendo que 36 delas seguem hospitalizadas. Ao menos 11 pessoas estão em estado crítico.

As forças de segurança locais prenderam quatro pessoas devido ao ataque, incluindo o principal suspeito de ser o atirador, o australiano Brenton Harrison Tarrant.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала