Conheça os novos submarinos nucleares que entram para a frota russa em 2019 (FOTOS, VÍDEO)

© Sputnik / Semen Vasiliev / Abrir o banco de imagensLançamento do cruzador submarino nuclear Knyaz Vladimir em Severodvinsk.
Lançamento do cruzador submarino nuclear Knyaz Vladimir em Severodvinsk. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Ambos os submarinos são melhorias em relação aos seus projetos originais e espera-se que vários outros se juntem em serviço até 2021.

Dois submarinos movidos a energia nuclear — Kazan e Knyaz (Príncipe) Vladimir — vão se juntar à Marinha Russa antes do final do ano, confirmou o ministro russo da Defesa, Sergei Shoigu. A Embaixada da Rússia nos Estados Unidos postou um vídeo mostrando os novos integrantes da frota no Twitter.

Falando em uma reunião em Severodvinsk, Shoigu disse que os novos submarinos "definirão a imagem futura da marinha submarina [russa]; permitirão aumentar o potencial defensivo e fortalecer as posições da Rússia no Oceano Mundial".

A construção do Kazan começou há dez anos, em 2009. O submarino foi lançado em 2017 e passa por testes desde então. Já a construção do Knyaz Vladimir começou em 2012 e o submarino também foi lançado em 2017.

Ambos os submarinos são versões modernizadas de seus projetos — 885 e 955, respectivamente. Até agora, há apenas um modelo operacional do projeto 885, o K-560 Severodvinsk. Existem três submarinos do projeto 955 em serviço.

Enquanto Kazan está armado com mísseis de cruzeiro Kalibr e Oniks, o Knyaz Vladimir carrega mísseis nucleares RSM-56 Bulava, também conhecidos como SS-NX-30 sob a designação da OTAN.

Cinco outros modelos do Projeto 885 e mais quatro submarinos do Projeto 955 deverão se juntar à Marinha até 2021.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала