Selfie com onça-pintada quase acaba em morte em zoo dos EUA (IMAGENS FORTES)

© Foto / Orlando Kissner/SMCSOnça
Onça - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Mulher pula cerca de segurança em zoológico do Arizona, nos EUA, para tentar tirar foto com uma onça-pintada e conseguiu um presente que nunca esquecerá, já que ela sofreu uma grande e profunda ferida no braço.

A mulher ultrapassou a cerca de segurança para se aproximar do animal e tentar um melhor ângulo do felino, quando ele se aproximou para atacá-la.

​Uma mulher, tentado tirar uma selfie, foi atacada por uma onça-pintada no Zoológico de Vida Selvagem, Aquário e Parque Safári perto de Phoenix, sofrendo ferimentos sérios no braço.

O diretor do zoológico comentou que "não tem como fazer as pessoas entenderem que não se deve ultrapassar as cercas", ressaltando que as cercas estão lá "por um bom motivo". Ele ainda enfatizou que o felino já havia atacado outra pessoa que também atravessou a cerca, entretanto, naquela ocasião, o episódio não foi tão terrível.

A oportunidade de tirar selfie está levando diversas pessoas a tentar captar as melhores fotografias de si mesmas em situações cada vez mais extremas, tendo provocado a morte de aproximadamente 259 pessoas entre 2011 e 2017.

De acordo com um estudo global, realizado por pesquisadores da Índia e publicado na revista Journal of Family Medicine and Primary Care, compilou notícias publicadas em todo o mundo sobre este tipo de morte e alertou que o número de vítimas fatais poderia ser maior.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала