Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

'Presença do Daesh no Afeganistão é ameaça para segurança da Rússia', diz embaixador russo

© AP Photo / Site militarTerroristas do Daesh em Tel Abyad, nordeste da Síria (foto de arquivo)
Terroristas do Daesh em Tel Abyad, nordeste da Síria (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga no
A atividade de terroristas do Daesh (organização proibida na Rússia e em uma série de países) no Afeganistão continua a ameaçar as regiões da Rússia e países vizinhos da Ásia Central. A declaração é do representante russo na ONU, Vassily Nebenzia.

"Estamos seriamente preocupados com a contínua presença do Daesh no Afeganistão, apesar de alguns sucessos das forças de segurança afegãs, os terroristas continuam a fortalecer suas posições e influência no país, aumentando as fileiras graças, entre outras coisas, aos terroristas estrangeiros que lutaram na Síria e Iraque sob a bandeira do Daesh", disse Nebenzia.

Sergei Ryabkov - Sputnik Brasil
Rússia descarta enviar tropas ao Afeganistão, diz vice-chanceler
Ele acrescentou que isso "cria uma ameaça real à segurança dos países da Ásia Central e das regiões do sul da Rússia".

Anteriormente, o representante especial do Secretário Geral da ONU para o Afeganistão, Tadamichi Yamamoto, relatou que 2018 foi o "ano mais mortífero da história do conflito afegão".

No total, a Missão de Assistência das Nações Unidas no Afeganistão documentou 10.993 vítimas civis (3.804 mortos e 7.189 feridos), representando um aumento de 5% no número total de vítimas civis e um aumento de 11% nas mortes de civis em relação a 2017.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала