Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Nova espécie de baleia assassina é descoberta ao sul do Chile (VÍDEO)

© AP Photo / NOAAOrca
Orca - Sputnik Brasil
Nos siga no
A nova espécie descoberta nunca havia sido detectada pelos cientistas, mesmo havendo rumores sobre sua existência por décadas.

Uma equipe internacional de pesquisadores acredita ter descoberto uma nova subespécie de orca nos oceanos ao sul do Chile, cuja existência era discutida por décadas entre os pescadores e turistas, apesar de nunca ter sido avistada por cientistas.

Os pesquisadores identificaram dezenas desses animais, também chamados de baleias assassinas, nas águas ao sul do Chile, próximo do cabo Horn. Agora, os especialistas aguardam os resultados dos testes de DNA, contudo, eles acreditam que as orcas avistadas fazem parte de uma nova espécie.

A Administração Oceânica e Atmosférica Nacional dos EUA (NOAA) anunciou a descoberta nesta quinta-feira (7).

"Esta é a baleia assassina com o aspecto mais diferente do que já vi", expressou Robert Pitman, ecologista da NOAA em San Diego.

A orca tem uma mancha branca próxima do olho que só é perceptível nos animais recém-descobertos. Além disso, sua cabeça é um pouco mais arredondada e menos lisa que a das outras baleias assassinas, e as barbatanas dorsais são mais estreitas e pontiagudas.

Videoclube - Sputnik Brasil
Baleia diverte pescadores ao brincar com barco deles
É provável que se alimente principalmente de peixe e pequenos mamíferos marinhos, tal como as outras orcas.
Pitman afirma que estas agora encontradas medem entre 6 e 7,5 metros de comprimento, sendo menores que a maioria das orcas.

O especialista assegura que jamais esquecerá o momento do encontro, no dia 21 de janeiro, quando viu a primeira orca e em seguida, o resto do grupo.

"Durante 14 anos estive procurando por este pessoal. Finalmente pude vê-los", declarou Pitman à agência de notícias AP.

Entretanto, alguns especialistas são mais cautelosos em relação à descoberta, observando que, mesmo que as orcas pareçam diferentes, é preciso esperar pelos resultados dos testes de DNA para responder a mais questões sobre a espécie.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала