Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Destróier britânico é enviado para escoltar navios russos no canal da Mancha

Nos siga no
Um destróier britânico está escoltando um grupo de navios de combate russos pelo canal da Mancha, perto das águas territoriais da Grã-Bretanha, informou a assessoria de imprensa da Marinha do Reino Unido.

A assessoria de imprensa da Frota do Norte da Rússia comunicou que um grupo de navios russos, liderados pela fragata Admiral Gorshkov, começou a passar pelo canal da Mancha. Depois disso, os navios russos receberam a coordenada de que seriam escoltados pelo destróier britânico Type 45 HMS Defender.

"O navio Defender está acompanhando um grupo de navios de guerra russos perto da Grã-Bretanha hoje. O destróier foi enviado para observar a fragata Admiral Gorshkov e três navios assistenciais durante passagem perto das águas territoriais britânicas. O destróier Defender está monitorando o grupo russo e suas ações", de acordo com comunicado de imprensa recebido pela Sputnik.

Destróier USS Donald Cook (imagem de arquivo) - Sputnik Brasil
Publicado VÍDEO de encontro do destróier Donald Cook com fragata russa
O capitão do destróier britânico, Richard Hewitt, afirmou que sua equipe, juntamente com aliados da OTAN, continuará monitorando navios russos. "Continuaremos com aliados escoltando navios russos por águas internacionais perto da nossa costa, a fim de garantir que todos os protocolos sejam cumpridos durante a movimentação", enfatizou o capitão britânico.

Comentando o assunto, o ministro britânico das Forças Armadas, Mark Lancaster, disse que "a Marinha Real está sempre pronta para defender o Reino Unido". Durante os exercícios da fragata Admiral Gorshkov, foram detectados voos de aeronaves de reconhecimento da OTAN e da Suécia.

Destroier da Marinha Real Britânica (imagem referencial) - Sputnik Brasil
Almirante britânico propõe enviar destróier à Ucrânia para enfrentar a Rússia
"Em breve, uma flotilha de navios liderada pela fragata vai realizar missões de defesa em diferentes áreas do oceano global. O objetivo principal é mostrar a bandeira russa e garantir a presença naval [da Rússia] em áreas operacionalmente importantes da remota zona oceânica", destacou a assessoria de imprensa.

A fragata entrou em serviço na Frota do Norte em 2018. Espera-se que a fragata Admiral Gorshkov, equipado com mísseis de cruzeiro Kalibr de longo alcance, venha a fazer parte de forças no Mediterrâneo nos próximos meses. O grupo russo, além da fragata Admiral Gorshkov, inclui o rebocador Nikolai Chiker, o navio de apoio Elbrus e o petroleiro Kama. O destróier Defender continuará escoltando os navios russos até a saída do canal da Mancha nesta semana.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала