Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

EUA se dizem desapontados com Itália por não reconhecer Guaidó

© AP Photo / Fernando LlanoJuan Guaidó, presidente da Assembleia Nacional da Venezuela
Juan Guaidó, presidente da Assembleia Nacional da Venezuela - Sputnik Brasil
Nos siga no
Os Estados Unidos estão decepcionados com a decisão italiana de não reconhecer a legitimidade do autodeclarado presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó, afirmou em conversa com jornalistas o enviado especial dos EUA Elliott Abrams.

A Itália, assim como Irlanda, Grécia e Eslováquia, se recusou a se juntar à maioria dos Estados-membros da União Europeia em seu posicionamento diante da atual crise política venezuelana, na qual Guaidó, líder da oposição, disputa o poder com o presidente de fato, Nicolás Maduro.

Juan Guaidó, presidente da Assembleia Nacional da Venezuela - Sputnik Brasil
Adido militar da Venezuela na ONU reconhece Juan Guaidó como presidente, diz Bolton
"Estamos desapontados que a Itália não tenha aderido aos países da UE no reconhecimento de Juan Guaidó como presidente interino", disse Abrams nesta terça-feira. "Esperamos que a continuação do argumento na Itália, a continuação das discussões na Itália, levem em algum momento ao que veríamos como uma decisão melhor: unir-se a tantos parceiros da Itália na Europa."

Guaidó se autoproclamou chefe de Estado interino da República Bolivariana em 23 de janeiro deste ano, sendo imediatamente reconhecido pelos EUA e depois por vários outros países, incluindo o Brasil, como tal. No entanto, apesar da pressão internacional, Maduro, reconhecido por China, Rússia, Cuba, Bolívia e outros, tem conseguido se manter no poder, com apoio da maior parte da população venezuelana e também das Forças Armadas.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала