Canhão da URSS é detectado combatendo terroristas na Síria (FOTOS)

CC BY 3.0 / Vladimir Sappinen / BS-3Сanhão soviética BS-3 no museu (foto de arquivo)
Сanhão soviética BS-3 no museu (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O canhão soviético BS-3 de 100 mm, que participou das batalhas contra a Alemanha de Hitler, hoje luta contra os terroristas na Síria e é usado pelos milicianos que estão ao lado das tropas do governo nas cidades de Muhardah e Suqaylbiyah, no norte da província de Hama.

Segundo o portal Russkoe Oruzhie, durante a fase ativa do conflito esses canhões praticamente não eram vistos.

Encontre a diferença: Suqaylbiyah e Muhardah

A única vez em que foram filmadas pelas câmeras foi em novembro de 2017, durante os combates nos arredores de Abu Kemal.

Também de Suqaylbiyah (Norte de Hama)

O modelo BS-3 de 1944 foi criado pelo desenvolvedor Vasily Grabin para eliminar os tanques pesados alemães. Segundo o portal, o alcance do tiro direto contra um alvo de dois metros de altura ultrapassava os 1.000 metros, o alcance máximo é superior a 20.000 metros. O peso de combate dessa peça é de apenas 3.650 kg e a cadência de tiro atinge 10 disparos por minuto.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала