Indígena venezuelano baleado por Guarda Nacional morre em hospital de Roraima

© Sputnik / Mikhail Alaeddin / Abrir o banco de imagensMilitares da Guarda Nacional venezuelana concentrados na ponte Simón Bolívar
Militares da Guarda Nacional venezuelana concentrados na ponte Simón Bolívar - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O indígena venezuelano Kliver Alfredo Pérez Rivero, de 24 anos, que estava internado no Hospital Geral do Estado, morreu nesta quarta-feira (27), por falência de múltiplos órgãos. A informação foi confirmada pela Secretaria de Saúde do governo estadual nesta sexta-feira (28).

Rivero foi levado ao hospital na última sexta-feira (22). Ele e outros indígenas venezuelanos buscaram atendimento na capital, Boa Vista, após conflitos na região de fronteira com o Brasil. Segundo a Secretaria de Saúde, o rapaz tinha uma lesão no tórax, provocada por tiros de arma de fogo.

Índio com cocar durante a Semana dos Povos Indígenas no Pará - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Antropóloga: missionários usam evangelização para exercer domínio sobre indígenas
Ainda estão internados no hospital 20 indígenas permanecem internados.

De acordo com a Secretaria de Saúde, um desses pacientes está em estado grave, em condição semelhante à apresentada por Kliver quando foi levado ao Hospital Geral de Roraima.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала