Deputado oposicionista da Venezuela pede 'força' contra Maduro

© Sputnik / Sergei Guneev / Abrir o banco de imagensNicolás Maduro, presidente da Venezuela (foto de arquivo)
Nicolás Maduro, presidente da Venezuela (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O líder da oposição venezuelana, Juan Guaidó, pediu à comunidade internacional que considere "todas as opções" para resolver a crise da Venezuela, uma dramática escalada na retórica que ecoa comentários do governo Trump insinuando o possível envolvimento militar dos EUA.

Um íntimo aliado de Guaidó seguiu uma linha similar. Julio Borges, o exilado líder do Congresso que é embaixador de Guaidó no Grupo de Lima, foi ainda mais explícito ao pedir uma opção militar. "Vamos exigir uma escalada da pressão diplomátic e o uso da força contra a ditadura de Nicolás Maduro", disse Borges neste domingo (24).

Parede pintada na cidade brasileira de Pacaraima, em Roraima, perto da fronteira com a Venezuela - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Escalada na crise venezuelana gera problemas ao Brasil: Roraima pode ficar sem luz
Na segunda-feira (25), o Grupo de Lima irá se reunir para discutir a crise na Venezuela. O evento contará com a presença do vice-presidente do Brasil, Hamilton Mourão (PRTB), e tem uma postura crítica em relação a Maduro.

Ainda durante o evento, Guaidó irá encontrar o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo — que já chegou a afirmar que os dias de Maduro "estão contados".

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала