Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Mais de 200 agentes da inteligência americana garantirão segurança na cúpula Trump-Kim

© REUTERS / Athit PerawongmethaPreparativos para a cúpula Trump-Kim em Hanói, Vietnã
Preparativos para a cúpula Trump-Kim em Hanói, Vietnã - Sputnik Brasil
Nos siga no
Cerca de duas centenas de agentes dos serviços secretos dos EUA chegarão à capital vietnamita, Hanói, antes da segunda cúpula entre os líderes americano e norte-coreano, informou uma revista local.

Está previsto que os agentes viajem para o Vietnã em quatro aeronaves militares de uma base aérea dos EUA no Japão. Duas aeronaves já aterrissaram no Aeroporto Internacional Noi Bai esta manhã (23) e os agentes se hospedaram em um hotel da capital vietnamita, disse uma fonte da revista VNExpress.

Os agentes serão responsáveis por garantir a segurança do presidente estadunidense, Donald Trump, durante sua segunda reunião com o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, marcada para a próxima semana.

Na semana passada, os Estados Unidos enviaram a Hanói vários aviões Boeing C-17 Globemaster III com o equipamento necessário para a cúpula, incluindo um helicóptero e dois carros que o presidente Trump usará durante sua visita oficial ao Vietnã.

O enviado especial dos Estados Unidos para a Coreia do Norte, Stephen Biegun, e várias delegações oficiais chegaram a Hanói para concluir os preparativos.

A segunda reunião de Trump e Kim acontecerá em Hanói nos dias 27 e 28 de fevereiro.

Líder norte-coreano, Kim Jong-un, e o presidente estadunidense, Donald Trump, posam para os fotógrafos após a assinatura do documento conjunto na cúpula histórica em Singapura, em 12 de junho de 2018 - Sputnik Brasil
EUA indicam manutenção de sanções às vésperas de encontro entre Trump e Kim
Os presidentes dos EUA, Donald Trump, e da Coreia do Norte, Kim Jong-un, realizaram sua primeira cúpula histórica em Singapura em junho passado. Durante as conversações, os dois líderes expressaram seu compromisso com a desnuclearização total da península coreana.

Embora Pyongyang tenha parado de testar mísseis balísticos ou bombas nucleares, os americanos continuam insistindo que o programa nuclear do país deve ser totalmente desmantelado antes que eles cumpram sua parte do acordo.

Com o progresso estagnado desde a primeira cúpula, o representante especial dos EUA, Stephen Biegun, viajou para Hanói na terça-feira, tentando descobrir "resultados concretos" de última hora que possam ser apresentados à comunidade internacional como mais uma vitória de Trump na política exterior.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала