Grupo de pessoas teria tentado furar o bloqueio na fronteira entre Colômbia e Venezuela

© REUTERS / Carlos Eduardo RamirezSituação na fronteira entre Venezuela e Colômbia
Situação na fronteira entre Venezuela e Colômbia - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Fotografias publicadas pelo canal de notícias Telesur no Twitter mostram um grupo de pessoas contrárias o governo de Nicolás Maduro derrubando as barreiras por trás do posto fronteiriço da Colômbia na ponte Simón Bolívar, localizada no múnicipio de San Antonio, em Táchira.

O incidente foi registrado por volta das 08h00 locais (09h00 de Brasília), segundo a mídia.

O canal de notícias Telesur declarou que a ação foi impedida pelos militares.

​Forças de segurança venezuelanas evitaram operação de falso positivo por parte de terroristas que agrediram venezuelanos e colombianos. 

Além disso, foi afirmado que quatro militares da Guarda Nacional se revoltaram contra o governo e solitaram asilo às autoridades colombianas.

​Estamos vendo as ações que haviam sido alertadas pelo governo da Venezuela, por trás da suposta ajuda humanitária, há planos mercenários para derrubar o governo de Nicolás Maduro.

Freddy Bolívar, representante do estado de Táchira, indicou nas declarações à Telesur que "os terroristas infiltrados foram recebidos pelas autoridades colombianas uma vez que atravessaram a ponte fronteiriça".

Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, faz sinal com as mãos depois de chegar à base militar de Forte Tiuna, em Caracas, Venezuela, 30 de janeiro de 2019 - Sputnik Brasil
'Ajuda à Venezuela só deve ser autorizada por Maduro', diz enviado sul-africano na ONU
Isto se soma a uma situação irregular registrada quase à mesma hora no município de Pedro María Ureña, quando deputados da oposição denunciaram por meio das redes sociais que foram reprimidos com gás lacrimogênio.

Diversos vídeos circularam pelas redes sociais, onde era possível ver um grupo de manifestantes tentando passar pela ponte Francisco de Paula Santander.

Ontem (22) à noite, a vice-presidente da Venezuela, Delcy Rodríguez, anunciou o fechamento temporário das pontes Simón Bolívar, Francisco de Paula Santander e da ponte da União, após assegurar que havia ameaças de agressões por parte da Colômbia.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала