China planeja construir usina solar no espaço até 2030, relata mídia

© AFP 2022 / NASA PHOTO/BWEstação Espacial Internacional (imagem referencial)
Estação Espacial Internacional (imagem referencial) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A China planeja até 2030 construir uma usina solar no espaço para transformar a energia do Sol em eletricidade, obtendo o acesso a uma fonte de energia quase inesgotável, escreveu o jornal Daily Mail.

Segundo o jornal, a China está disposta a construir uma usina solar espacial para receber energia do Sol, anunciou o Daily Mail. A usina acompanhará a órbita terrestre, transformando os raios solares em eletricidade, que posteriormente será enviada ao nosso planeta.

A Administração Espacial Nacional da China (CNSA) afirma que a tecnologia deve ser elaborada até 2030. Em caso de sucesso ela representará uma fonte de energia elétrica quase inesgotável. Segundo a edição, a tecnologia deve ser testada na estratosfera em 2021-2025. A base experimental de testes já foi construída na cidade chinesa de Chongqing.

Caça furtivo J-20 voa durante a Exposição Internacional de Aviação e Aeroespacial da China (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
'Espaço é livre': China critica EUA por acusarem Pequim e Moscou de buscarem guerra no ar
O jornal afirma que a China está no segundo lugar no mundo quanto a gastos na investigação do espaço, cedendo apenas aos EUA. O orçamento espacial anual do gigante asiático corresponde a US$ 8 bilhões, o que permite concorrer com os EUA e a Rússia no espaço.

Os representantes da CNSA declararam que, no fim do ano, se planeja o lançamento da missão Chang'e 5 à Lua, bem como tornar a China o primeiro país a instalar uma base no satélite da Terra, usando as tecnologias de impressão 3D. De acordo com o Daily Mail, a China já é um dos líderes na corrida espacial.

Além disso, a CNSA está disposta a realizar um voo a Marte em 2020. Sendo assim, o país ultrapassará os EUA, a Rússia e muitas empresas privadas que querem colonizar o Planeta Vermelho. O jornal ressalta que o gigante asiático recebeu o status de uma das principais potências tecnológicas após realizar o pouso bem-sucedido no lado oculto da Lua e o primeiro experimento biológico na superfície do satélite natural da Terra.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала