Juan Guaidó anuncia criação de centro de ajuda humanitária em Miami

© REUTERS / Carlos Garcia RawlinsJuan Guaidó, presidente da Assembleia Nacional da Venezuela
Juan Guaidó, presidente da Assembleia Nacional da Venezuela - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O líder da oposição venezuelana e autoproclamado presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó, anunciou a criação de um novo centro para a coleta de ajuda humanitária para a Venezuela na cidade de Miami, nos Estados Unidos.

"Mais esforços para a ajuda humanitária. Estamos anunciando o estabelecimento de um centro de coleta de ajuda em Miami para permitir que os venezuelanos do mundo se envolvam e se unam neste movimento para a Venezuela. Continuaremos nossos preparativos ativos para 23 de fevereiro — uma avalanche humanitária", disse Guaidó através de sua conta oficial no Twitter na sexta-feira (15).

No início de fevereiro, Guaido anunciou que a ajuda humanitária entrará na Venezuela em 23 de fevereiro, apesar da relutância do presidente Nicolás Maduro em aceitar ajuda de determinados países.

Medicamentos doados à Venezuela pela Rússia (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Chile enviará 17 toneladas de ajuda humanitária para a Venezuela
O governo de Maduro alega preocupações de que a ajuda humanitária estrangeira possa justificar a intervenção estrangeira.

Carregamentos de ajuda humanitária foram trazidos nas últimas semanas para locais no Brasil e na Colômbia, enquanto um outro centro de coleta deve ser instalado em uma das ilhas do Caribe.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала