Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Senado aprova William Barr como novo procurador-geral dos EUA

Nos siga no
O Senado dos EUA confirmou nesta quinta-feira (14) que o indicado do Presidente Donald Trump, William Barr, será o próximo procurador-geral dos Estados Unidos.

Foram 54 votos favoráveis e 45 contrários, o suficiente para tornar Barr o novo chefe do Departamento de Justiça dos EUA.

A votação aconteceu mais de três meses depois que Trump pediu ao ex-procurador-geral dos EUA, Jeff Sessions, que renunciasse de seu cargo. Barr substituirá o o interino Matthew Whitaker.

Barr superou as preocupações dos democratas sobre como ele iria administrar a investigação do procurador especial Robert Mueller sobre alegações de conluio entre Trump e a Rússia na eleição presidencial de 2016.

U.S. President-elect Donald Trump stands with former New York City Mayor Rudolph Giuliani before their meeting at Trump National Golf Club in Bedminster, New Jersey, U.S., November 20, 2016 - Sputnik Brasil
Advogado de Trump volta a defender a derrubada do governo do Irã
Barr escreveu um memorando legal de 19 páginas anteriormente, no qual ele classificou a investigação de Mueller como "fatalmente falha".

Trump diz que a investigação é uma "caça às bruxas" que não produziu provas em 2 anos. 

A Rússia tem repetidamente refutado as alegações de interferência no sistema político dos EUA, dizendo que as acusações foram feitas para justificar a perda eleitoral do oponente de Trump, bem como desviar a atenção do público de casos reais de fraude eleitoral e corrupção.

Anteriormente, Barr serviu como procurador-geral dos EUA de 1991 a 1993 na administração do então Presidente George H.W. Bush.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала