Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Enviado especial dos EUA diz que fim da crise na Venezuela depende da renúncia de Maduro

© Sputnik / Sergei Guneev / Abrir o banco de imagensNicolás Maduro, presidente da Venezuela (foto de arquivo)
Nicolás Maduro, presidente da Venezuela (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga no
O enviado especial dos EUA para a Venezuela, Elliot Abrams, declarou nesta quinta-feira (14) que a renúncia de Nicolás Maduro é condição para o fim da crise na Venezuela.

A declaração do diplomata surge após o embaixador venezuelano nos Estados Unidos, Carlos Vecchio, aliado do líder oposicionista Juan Guaidó, ter dito aos legisladores norte-americanos que eles precisam intensificar a pressão sobre Caracas.

Jorge Arreaza, ministro das Relações Exteriores da Venezuela - Sputnik Brasil
Venezuela anuncia criação de grupo de países para defender direitos estabelecidos pela ONU
Segundo o Representante Especial dos EUA para a Venezuela, Elliott Abrams, resolver a crise política do país só será possível após a renúncia de Nicolas Maduro. Ele também prometeu visitar a região, mas não especificou quando exatamente.

"Haverá algumas viagens, mas nada para anunciar agora", disse Abrams à margem da Conferência Global sobre a Crise Humanitária na Venezuela. "Eu certamente vou viajar, mas não tenho nada para anunciar", acrescentou. 

Ao ser perguntado se ele planeja ter contato com autoridades russas para discutir a crise da Venezuela, Abrams também se limitou a dizer: "Quando eu fizer planos, nós os anunciaremos. Mas nada a dizer agora", disse o enviado à Sputnik em Washington, nos bastidores da conferência. 

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала