Aviso a possíveis agressores? Caça venezuelano lança com sucesso míssil antinavio (VÍDEO)

© REUTERS / Marco Bello TPXUm avião de combate Sukhoi Su-30MKV, de fabricação russa, da Força Aérea Venezuelana sobrevoa uma bandeira venezuelana
Um avião de combate Sukhoi Su-30MKV, de fabricação russa, da Força Aérea Venezuelana sobrevoa uma bandeira venezuelana - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A Força Aérea da Venezuela demonstrou como poderia destruir navios de combate de possíveis agressores quando um caça multifuncional Su-30MK2V lançou um míssil Kh-31 durante os exercícios militares Angostura-200.

Nas redes já apareceu um vídeo que mostra o processo de instalação deste armamento em um avião, sua decolagem, as manobras sobre os navios da Marinha venezuelana e o próprio lançamento do míssil.

Os mísseis Kh-31, ou AS-17 Krypton na classificação da OTAN, podem atingir alvos em distâncias de 70 a 160 km, conforme o modelo, e resistir a sobrecargas de 10 g. Sua velocidade máxima supera quatro vezes a velocidade de som.

Estes mísseis táticos não só são capazes de atingir navios, mas também estações de radar inimigas. Graças à sua velocidade e invisibilidade, os Kh-31 foram batizados de "morte supersônica".

Soldados do exército da Venezuela - Sputnik Brasil
Ministro da Defesa diz que Venezuela não aceitará chantagem dos EUA com sanções
Nas versões mais avançadas a massa da ogiva atinge 110 kg. Isso é o suficiente para afundar uma embarcação com deslocamento de 4.500 toneladas. A velocidade máxima é de 1.000 m/s.

Além do míssil antinavio, o Su-30MK2V também pode transportar outras armas de alta precisão, como os mísseis Kh-59M e Kh-29T, que foram projetados para destruir uma ampla gama de alvos terrestres e navais de superfície.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала