Ataque suicida no Irã mata 41 pessoas, incluindo integrantes da Guarda Revolucionária

Nos siga noTelegram
Um ataque suicida realizado nesta quarta-feira (13) contra um ônibus da Guarda Revolucionária Islâmica (IRGC) matou 41 pessoas no Irã, incluindo integrantes da guarda.

As informações publicadas pela agência de notícias local Irna diz que o ataque ocorreu na área Chanali da estrada Khash-Zahedan, entre as cidades de Zahedan e Khash — uma área não muito distante da fronteira com o Paquistão, onde o contrabando de drogas e as atividades militares são bastante freqüentes.

No início do dia, a agência de notícias local havia informado que haviam 20 mortos, depois esse número subiu para 41.

LEIA MAIS: Irã 'tem fórmula', mas nunca desenvolverá bomba nuclear, diz clérigo

O número de mortos até o momento é de 20 pessoas e outras 20 foram feridas pelo ataque.

​Até o momento, nenhum grupo terrorista reivindicou a autoria do ataque ao ônibus da Guarda Revolucionária Islâmica.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала