Irã pode estar comemorando o último aniversário de sua revolução, ameaça Netanyahu

© Sputnik / Aleksei Nikolsky / Abrir o banco de imagensBenjamin Netanyahu
Benjamin Netanyahu - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu alertou o Irã nesta segunda-feira que este ano pode ser a última vez que comemora o aniversário de sua Revolução islâmica se ele atacar Israel.

"Eu não ignoro as ameaças do regime iraniano, mas também não sou intimidado por eles", declarou Netanyahu em um comunicado divulgado por seu escritório enquanto o Irã celebrava o 40º aniversário de sua revolução.

Presidente iraniano Hassan Rouhani faz discurso com retratos do Líder Supremo do Irã Ayatollah Ali Khamenei e do fundador da República Islâmica do Irã Ayatollah Ruhollah Khomeini ao fundo - Sputnik Brasil
40º aniversário da Revolução Iraniana: revelado apoio secreto de Londres a Khomeini

"Se esse regime cometer o terrível erro de tentar destruir Tel Aviv e Haifa, não terá sucesso", acrescentou o líder israelense.

"No entanto, este seria o último aniversário da revolução que eles celebram. Eles devem levar isso em conta", ameaçou Netanyahu em uma clara advertência aos persas.

As celebrações culminaram no Irã na segunda-feira para o período de 1 a 11 de fevereiro de 1979, quando o falecido aiatolá Ruhollah Khomeini retornou do exílio e derrubou o xá pró-ocidental.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала