Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Lituânia lista Rússia como uma das principais ameaças ao país, revela relatório

© AP Photo / Mindaugas KulbisExército dos EUA no aeroporto de Vilnius, na Lituânia
Exército dos EUA no aeroporto de Vilnius, na Lituânia - Sputnik Brasil
Nos siga no
A Rússia foi listada como uma das principais ameaças à segurança da Lituânia no relatório de Avaliação Nacional de Ameaças do país, preparado pelo Departamento de Segurança do Estado e pelo Segundo Departamento de Investigação do Ministério da Defesa Nacional, divulgado nesta terça-feira.

"Em 2018, a Rússia continuou sua formação militar geral, inclusive no Oblast de Kaliningrado, vizinho da Lituânia. A curto prazo, pretende implantar elementos ofensivos adicionais, bem como capacidades de defesa aérea e aviação. A Rússia fortalece suas capacidades para começar a executar ordens de combate com aviso de 24 a 48 horas", diz o relatório.

Segundo o relatório, os serviços de segurança russos "recrutam muito ativamente" os lituanos, supostamente manipulando o passado soviético comum.

Os autores do relatório também rotularam a Rússia como a principal ameaça no ciberespaço.

Exercício militar do exército da Lituânia - Sputnik Brasil
Escândalo abafado vem à tona: militares dos EUA desonraram bandeira da Lituânia

"Os serviços de inteligência e segurança russos representam uma grande ameaça para o domínio cibernético lituano: eles realizam a coleta de informações, perturbam o desempenho dos sistemas de TI [tecnologia da informação] e contribuem para influenciar […] A atividade cibernética da Rússia está se tornando uma das principais ferramentas usadas para atingir as metas geopolíticas russas somente durante um conflito, mas também em tempos de paz", prosseguiu o documento.

As relações russo-lituanas têm sido cada vez mais árduas, com Vilnius tentando apresentar Moscou como um agressor interessado em desestabilizar a região do Báltico. Moscou afirmou repetidamente que a Rússia nunca planejou atacar nenhum Estado membro da OTAN.

O ministro de Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, disse que a aliança reconhece isso, mas usa o pretexto de suposta agressão russa para instalar mais equipamentos e batalhões perto das fronteiras da Rússia.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала