Arqueólogos descobrem 3 tumbas de civilização antiga no Peru (FOTOS)

CC BY 2.0 / Michael Eisenriegler / Arqueólogos (foto de arquivo)
Arqueólogos (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Uma equipe de arqueólogos descobriu no Peru três tumbas pertencentes a membros de elite da cultura Moche ou Mochica remontando ao período médio dessa cultura, cerca de 600-700 d.C. Trata-se de câmaras funerárias de adobe com ossadas, oferendas e roupas, entre outros objetos.

As tumbas e ossadas foram desenterradas no complexo conhecido como El Pueblo (Povo), da zona arqueológica de Úcupe, na região de Lambayeque, no norte do país. A expedição foi coordenada pela equipe de especialistas do Museu de Tumbas Reais de Sipán.

A notícia foi confirmada nesta sexta-feira (1) pelo arqueólogo Walter Alva, diretor do museu e especialista em sítios arqueológicos Moche.

 

De acordo com Walter Alva, o primeiro dos túmulos parece pertencer a um chefe militar, já que dentro dele foram encontradas armas, coroas e bandeiras.

A segunda tumba pertencia a uma mulher com um filho, cujas ossadas estavam cercadas de ornamentos de cobre e três vasos funerários de cerâmica: um representando uma pessoa no trono, outro com a imagem de um caracol e o terceiro simbolizando um ato erótico.

África do Sul (imagem referencial) - Sputnik Brasil
Arqueólogos traçam metrópole perdida na África do Sul (FOTO, VÍDEO)
O arqueólogo assinalou que a presença desses objetos associados ao enterro de um menor é uma situação incomum e estranha, possivelmente relacionada com a concepção religiosa dos moches sobre a procriação, vida e morte.

A última tumba é considerada a mais antiga e pertence a um homem.

Os trabalhos arqueológicos nessa zona se iniciaram em 17 de dezembro de 2018 e confirmaram que "estamos perante uma plataforma funerária da elite Mochica", afirmou Alva.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала