'Negócios entre Venezuela e Rússia não serão afetados por sanções dos EUA', diz Maduro

© Sputnik / Sergei Guneev / Abrir o banco de imagensNicolás Maduro, presidente da Venezuela, em encontro com o líder russo, Vladímir Putin, em Moscou
Nicolás Maduro, presidente da Venezuela, em encontro com o líder russo, Vladímir Putin, em Moscou - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, disse nesta segunda-feira (29), em entrevista exclusiva à Sputnik, que os negócios entre Venezuela e Rússia no campo de petróleo e gás são blindados e não correm nenhum risco no quadro das sanções impostas pelos Estados Unidos à estatal Petróleos de Venezuela (PDVSA).

"Os negócios entre a Rússia e a Venezuela no campo de petróleo e gás estão blindados", afirmou o presidente venezuelano.

Venezuela's President Nicolas Maduro speaks during a meeting with businessmen in Caracas, Venezuela January 9, 2017 - Sputnik Brasil
'Ainda não há ordem de prisão contra Juan Guaidó', diz Maduro à Sputnik
Maduro assegurou que a Rússia não corre "qualquer risco" por causa das sanções de Washington à Venezuela, "porque a Rússia é um país independente e soberano, as empresas russas são muito poderosas, têm sua própria engenharia financeira, logística e a PDVSA é uma companhia de um país soberano ".

"Assim como dois países independentes, fazendo negócios, tendo investimentos e realizando o desenvolvimento de grandes projetos de exploração de petróleo, tudo vai continuar bem, é blindado", afirmou.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала