Avião de vigilância dos EUA efetua reconhecimento perto da base russa na Síria (FOTOS)

© Sputnik / Aleksei Kudenko / Abrir o banco de imagensAvião de reconhecimento dos EUA P-8A Poseidon
Avião de reconhecimento dos EUA P-8A Poseidon - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Um avião de patrulha antissubmarino da Marinha dos EUA P-8 Poseidon efetuou um voo de vigilância perto da base aérea de Hmeymim na Síria.

De acordo com os dados do recurso Plane Radar, o avião decolou da base aérea de Sigonella, situada na ilha italiana de Sicília, e ao longo de cerca uma hora esteve circulando perto do litoral mediterrâneo da Síria, se aproximando periodicamente da base aérea russa de Hmeymim, bem como do centro de manutenção técnica e abastecimento da Marinha russa em Tartus.

11h50 GMT (6h50 em Brasília). O Boeing P-8A Poseidon da Marinha dos EUA, VP-26, com o número 168438, que decolou da base aérea de Sigonella, está efetuando voo perto do litoral mediterrâneo da Síria

12h30 GMT (7h30 em Brasília)

O avião efetuou o voo a uma altitude de 4,7 km.

Ultimamente as atividades de aeronaves e drones de reconhecimento estrangeiros perto da fronteira russa têm aumentado.

A corveta Boiky da Frota do Mar Báltico - Sputnik Brasil
Tentando apertar 'nó de anaconda': EUA 'cercam' fronteiras marítimas da Rússia
Em 28 de janeiro, o Ministério da Defesa russo comunicou que um caça russo Su-27 levantou voo para interceptar um avião de vigilância norte-americano P-8 Poseidon sobre o mar Báltico. Segundo o ministério, com a aproximação do Su-27 o avião norte-americano se distanciou da fronteira da Rússia. Na sequência, o caça da Força Aeroespacial da Rússia voltou à base.

Ao longo do ano passado, a Força Aeroespacial russa detectou e acompanhou mais de 980 mil alvos aéreos, sendo três mil deles aviões militares estrangeiros, dos quais mais de mil eram aviões de reconhecimento.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала