- Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Ministério Público alerta vítimas de Brumadinho sobre advogados agindo de má-fé

© REUTERS / Adriano MachadoTrabalhador de resgate observa lama depois que uma barragem de propriedade da mineradora brasileira Vale SA explodiu, em Brumadinho.
Trabalhador de resgate observa lama depois que uma barragem de propriedade da mineradora brasileira Vale SA explodiu, em Brumadinho. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Representantes da Defensoria Pública, durante uma coletiva de imprensa realizada na manhã desta terça-feira, alertaram sobre advogados agindo de má fé e se colocaram a disposição das vítimas.

A Defensoria Pública disse ter recebido notícias de  abordagens indevidas das vítimas por advogados que vieram de Goiás ou de São Paulo com objetivo de cobrança posterior dos serviços. Esses profissionais estariam se apresentando como advogados dativos (que não pertencem à Defensoria Pública, mas exercem o papel de defensores públicos de forma voluntária, ou com ajuda do Estado). No entanto, nem todos seriam de fato dativos e, no final do trabalo, alguns poderiam vir a cobrar honorários.

"A nossa função é esclarecer que a Defensoria, seja da União, ou a estadual, vai fazer o atendimento gratuito das pessoas aqui. Atendimento gratuito, especializado e já com a experiência de atuação em Mariana", disse Diego de Oliveira Silva, Defensor Público Chefe de Minas Gerais.

Equipe de resgate trabalha em uma barragem de rejeitos de propriedade da mineradora brasileira Vale SA que estourou em Brumadinho (MG). - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Engenheiros responsáveis pela segurança de barragem em Brumadinho são presos
O Defensor Público Geral Federal, Gabriel Faria Oliveira, declarou que a entidade está comprometida com a população. Desde sexta-feira, 5 defensores públicos federais já estariam prestando orientações e ajudando no atendimento emergencial. Além disso, uma equipe permanente será montada na região para negociar as indenizações com a Vale.

"A população carente, aquela que não pode pagar advogados, certamente vai poder contar com o serviço da Defensoria Pública", garantiu o defensor.

Segundo ele, serão instaurados processos por danos morais e danos materias, sem contar a assistência emergencial.

"Em uma situação de vulnerabilidade extrema, como a se põe em Brumadinho, a Defensoria Pública acaba sendo mais demandada, porque as pessoas perderam tudo", acrescentou ele.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала