Relatos: 600 militares dos EUA chegam a bases na Síria em meio à retirada das tropas

© AFP 2022 / AHMAD AL-RUBAYESoldados norte-americanos no nordeste da Síria
Soldados norte-americanos no nordeste da Síria - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Os EUA enviaram cerca de 600 militares à Síria para apoiar as tropas durante o processo de retirada, informou a agência turca Anadolu.

Cerca de 600 militares estadunidenses chegaram às bases militares dos EUA na Síria localizadas a leste do rio Eufrates, informou na segunda-feira (27) a agência turca Anadolu.

Segundo a agência, os militares norte-americanos estão instalados nas bases na província de Aleppo, incluindo na região de Sarin, que devem ser os pontos chave de onde as tropas dos EUA serão retiradas da Síria.

Forças dos EUA patrulham arredores da cidade síria de Manbij, em 7 de março de 2017 - Sputnik Brasil
EUA consideram manter tropas em base na Síria para combater Irã, diz mídia
Os militares americanos recém-chegados vão apoiar as tropas durante o processo de retirada.

Em 23 de janeiro, a mídia informou que os EUA tinham enviado tropas adicionais à Síria para reforçar segurança durante a retirada das tropas do país.

Em dezembro, o presidente dos EUA Donald Trump anunciou sua decisão de retirar 2.000 militares estadunidenses da Síria e declarou a vitória sobre o Daesh (organização terrorista proibida na Rússia e em vários outros países) na Síria.

Entretanto, Washington declarou que não iria revelar os prazos da retirada e prometeu que a luta da coalizão internacional liderada pelos EUA contra o terrorismo na região continuaria.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала