- Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Ministro do Meio Ambiente diz que é preciso endurecer fiscalização de barragens

© REUTERS / Adriano MachadoMinistro do Meio Ambiente, Ricardo Salles
Ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, disse neste sábado (26) que é necessário mudar a legislação ambiental para endurecer a fiscalização das atividades de maior risco ao meio ambiente, como as barragens de depósito de rejeitos.

"O que é preciso ter em termos de revisão da legislação ambiental é tirar questões simples e aprofundar nas questões complexas de maior risco", afirmou.

Salles é um dos ministros escalados pelo presidente Jair Bolsonaro para acompanhar os desdobramentos do rompimento da barragem de rejeitos da Mina do Feijão, em Brumadinho (MG). A intenção, segundo o ministro, é dar foco ao processo de fiscalização ambiental.

Moradores trabalham em um rio coberto por lama após uma barragem pertencente à mineradora brasileira Vale SA explodir em Brumadinho, Brasil, em 26 de janeiro de 2019. - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Governador anuncia uso de tecnologia israelense para localizar corpos em Brumadinho
"Para que as equipes possam se dedicar com mais afinco, usando recursos tecnológicos e humanos nas atividades com maior potencial [de risco], como é o caso das barragens".

Conforme Salles, o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), no caso de Brumadinho, agiu com rapidez e rigor.

"O que precisa haver é foco na atuação. Em situações de maior risco, maior complexidade, ter as esquipes de licenciamento ambiental com foco, com dedicação", argumentou.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала