Sanders diz que EUA não devem apoiar golpe na Venezuela

© REUTERS / Rick WilkingBernie Sanders, candidato democrata à presidência dos EUA
Bernie Sanders, candidato democrata à presidência dos EUA - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O governo dos EUA deve evitar se envolver em esforços para montar um golpe ou apoiar a mudança de regime na Venezuela, disse o senador Bernie Sanders em comunicado à imprensa.

"Os Estados Unidos deveriam apoiar o estado de direito, eleições justas e a autodeterminação para o povo venezuelano", disse Sanders nesta quinta-feira (25). "No entanto, devemos aprender as lições do passado e não estar no negócio de mudança de regime ou de apoio a golpes — como fizemos no Chile, Guatemala, Brasil e República Dominicana. Os Estados Unidos têm uma longa história de intervenções inapropriadas na América Latina, não devemos voltar a ter essa postura"

Homens da Guarda Nacional da Venezuela marcham  pelas ruas de Caracas em comemoração ao Dia da Independência do país, em 5 de julho de 2016 - Sputnik Brasil
Crise na Venezuela: especialistas temem um 'cenário Sírio' na América Latina
A administração Trump reconheceu o chefe da Assembléia Nacional, Juan Guiadó, como presidente interino da Venezuela e pediu a Nicolás Maduro que renunciasse. Maduro rompeu formalmente as relações com os Estados Unidos e deu ao pessoal diplomático dos EUA 72 horas para deixar a Venezuela.

O Observatório Venezuelano de Conflito Social disse que o número de mortos em protestos no país nos últimos dias subiu para 26.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала