EUA recomendam que cidadãos norte-americanos que estejam na Venezuela saiam do país

© REUTERS / Carlos Garcia RawlinsConfronto entre manifestantes e policiais no centro de Caracas, Venezuela
Confronto entre manifestantes e policiais no centro de Caracas, Venezuela - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O Departamento de Estado divulgou uma nota nesta sexta-feira (25) afirmando que os cidadãos norte-americanos que estão na Venezuela devem considerar deixar o país.

"A administração dos EUA tem capacidade limitada para prestar assistência de emergência a cidadãos americanos na Venezuela", diz o comunicado.

Forças de segurança da Venezuela encaram confronto com partidários da oposição que participam de uma manifestação contra o governo do presidente venezuelano Nicolás Maduro, 23 de janeiro de 2019 - Sputnik Brasil
Qual a possibilidade de haver uma guerra civil na Venezuela?
Na última quinta-feira (24), todos os funcionários do governo dos EUA de serviços não emergenciais receberam ordens para deixar a Venezuela.

A situação na Venezuela piorou consideravelmente após a posse de Nicolás Maduro, reconduzido ao poder em 10 de janeiro deste ano. Os EUA e países membros do Grupo de Lima, inclusive o Brasil, decidiram reconhecer o presidente da Assembleia Nacional destituída, Juan Guaidó, como presidente interino do país.

A Rússia reconheceu a legitimidade do mandado do presidente eleito. Em 23 de janeiro, Nicolás Maduro rompeu relações diplomáticas e políticas com os Estados Unidos. A capital do país, Caracas continua tomada por violentos protestos antigovernamentais.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала