- Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Bolsonaro critica 'América bolivariana' em Davos

© AFP 2022 / Evaristo SaPresidente brasileiro, Jair Bolsonaro
Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Após 22 dias no governo do país, o presidente Jair Bolsonaro fez sua estreia em um evento internacional, apresentando "o novo Brasil" no Fórum Econômico Mundial, em Davos, na Suíça.

O tema do fórum de Davos neste ano é "Globalização 4.0: Moldando uma arquitetura global na era da quarta revolução industrial". O evento reúne políticos, investidores e outras autoridades com o intuito de construir uma agenda econômica comum. 

De acordo com o Palácio do Planalto, Bolsonaro é o primeiro chefe de Estado latino-americano a discursar na abertura da sessão plenária do Fórum Econômico Mundial.

Durante seu discurso inicial de cerca de 8 minutos, o presidente disse estar "emocionado" e afirmou que foi vítima de ataques injustos durante as eleições. Para Bolsonaro, o Brasil vive um "novo momento".

O vice-presidente Hamilton Mourão. - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
'Flávio Bolsonaro não tem nada a ver com o governo', diz Mourão
Um dos temas mais comentados pelo presidente em Davos foi o meio ambiente. Bolsonaro afirmou que o Brasil é o país que mais preserva o meio ambiente e que pretende estar alinhado com os esforços para preservação do meio ambiente. 

"Não queremos uma América bolivariana", disse Bolsonaro, acrescentando que "a esquerda não prevalecerá nessa região". Ele também defendeu uma reformulação do Mercosul e disse estar em contato com os líderes de Argentina, Chile e Paraguai. 

Logo após o discurso, ele foi sabatinado pelo fundador do Fórum Econômico Mundial, Klaus Schwab, e foi perguntado sobre quais medidas concretas pretendia implementar. Bolsonaro defendeu a reforma da Previdência e tributária. 

Mais de uma vez, Bolsonaro disse que o Brasil vive uma era "sem viés ideológico" e que todas as indicações para os ministérios foram feitas por critérios técnicos. 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала